Um novo documento acaba de ser extraído dos arquivos britânicos. É datado de 6 de Março de 1991 e provém de um dossiê sobre as negociações entre o Reino Unido, a Alemanha e a França. É um pouco anterior à « doutrina Wolfowitz », quer dizer, à irrupção dos Straussianos no topo da Administração dos EUA.

Ele atesta:
- a oposição do governo de John Major aos pedidos de adesão à OTAN e garantias de segurança de países da Europa de Leste (Polónia, Hungria e outros);
- os compromissos da Alemanha durante as negociações para a sua reunificação de não estender a OTAN a Leste do Elba;
- a recusa do governo de Major em ver a OTAN garantir a paz na Europa de Leste, apesar do seu receio sobre possíveis guerras entre os países de Leste, bem como de suscitar um possível espírito de vingança na Rússia.

O documento aconselha a não discutir com os países da Europa de Leste como um todo, mas antes em desenvolver relações bilaterais. Ele propõe criar órgãos bilaterais de discussão e negociar Tratados bilaterais incluindo elementos de não-agressão.

Tradução
Alva

titre documents joints


(PDF - 621.9 kb)