Rede Voltaire

Barack Obama e a destituição de Donald Trump

+

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mudou o seu staff para o quarteirão de Kaloroma (Washington DC), já que as suas instalações temporárias, dos meses de Janeiro e Fevereiro, não estavam legalmente autorizadas para a realização de actividades políticas. O novo quartel-general é uma casa senhorial (foto) alugada ao antigo secretário de imprensa de Bill Clinton.

A equipe é dirigida por Valerie Jarrett, a confidente do casal Obama, e a sua missão é de organizar a destituição do presidente Donald Trump. O artigo II da Constituição autoriza a Câmara dos Representantes a colocar o Presidente em exercício sob acusação e o Senado a julgá-lo assim que este tenha cometido um crime ou um delito. No entanto, aqui, o Presidente Donald Trump não fez, até à data, nada desse tipo. Os conselheiros de Barack Obama estão, pois, prioritariamente encarregados de encontrar o que poderia inculpá-lo. Historicamente, o processo de destituição de um presidente jamais foi levado até ao seu termo.

Simultaneamente, ficamos a saber que as acusações contra quatro colaboradores de Trump, que teriam violado a Lei Logan (a qual jamais foi aplicada desde a sua promulgação, há 2 séculos) foram forjadas com a ajuda de escutas telefónicas à sua equipe de campanha comanditadas pelo Presidente Obama, quando ele estava ainda em funções. Á época, a Casa Branca suspeitava ou alegava suspeitar que Donald Trump financiava a sua campanha eleitoral com dinheiro russo; acusação que se verificou ser falsa.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.