Rede Voltaire
Tradução

Alva

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Por trás do álibi anti-terrorista, a guerra do gaz no Levante Damasco (Síria) | 6 de Outubro de 2014
Se alguns aderem à retórica anti-terrorista de Washington e dos seus aliados do Golfo, toda a gente compreende que isto é apenas uma justificação retórica para uma guerra que prossegue outros fins. Os Estados Unidos afirmam querer destruir o Emirado Islâmico, que eles criaram e que realiza para eles a limpeza étnica necessária no plano de remodelagem do «Médio-Oriente alargado». Mais estranho ainda, eles afirmam querer combatê-lo na Síria com a oposição moderada, que é na realidade composta pelos mesmos jihadistas. Por fim, eles destruíram em Rakka os edifícios que já tinham sido evacuados, dois dias antes, pelo Emirado Islâmico. Para Thierry Meyssan, por trás destas aparentes contradições prossegue-se a guerra do gaz.