Rede Voltaire

O PM iraquiano cessante põe em causa a Comissão Eleitoral

+

O Primeiro-ministro Iraquiano cessante, Haider al-Abadi, denunciou graves irregularidades nas eleições legislativas.

Ele acusou, nomeadmente, membros da Alta Comissão Eleitoral Independente (IHEC) de ter truncado os votos electrónicos depositados a partir do estrangeiro.

Ele anunciou que ia interditar preventivamente os membros da IHEC, em espera pelo pronunciamento da Justiça, de sair do território .

Por seu lado, a Comissão Eleitoral já anulou os resultados de mais de um milhar de assembleias de voto.

Haider al-Abadi chegara ao poder por ocasião da campanha internacional para forçar à demissão do Primeiro-ministro eleito, Nouri al-Maliki. Ele acaba de perder as eleições para a Coligação (Coalizão-br) Nacionalista do clérigo xiita Moqtad al-Sadr e do Partido Comunista.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.