De acordo com o jornal Granma, durante o diálogo, ambos recordaram a solidariedade de Nasser com a Revolução Cubana; seus encontros com Fidel Castro, Raúl e o comandante Ernesto Che Guevara; e ainda sua contribuição decisiva para o reforço dos laços de amizade entre Cuba e o país africano.

A visitante deu a Raúl detalhes sobre sua visita à nação caribenha e também falaram sobre a história da solidariedade à Revolução Cubana e de Cuba com outros países ao redor do mundo.

Mona Gamal Abdel Nasser disse sentir-se agradecida com Raúl Castro pela possibilidade de aprender de primeira mão sobre a realidade cubana e afirmou estar muito impressionada pelos lugares e pessoas que conheceu.

Ela também recordou a homenagem prestada pelo presidente cubano ao seu pai em seu túmulo durante a viagem de Raúl ao Egito em julho passado, por ocasião da Cúpula do XV do movimento de não-alinhados.

A reunião contou, aliás, com a presença de Eusebio Leal Spengler e Laila Abdel Hamid Gamal Abdel Nasser, neta do líder egípcio.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Agencia Cubana De Noticias