Rede Voltaire

Egipto: Arábia Saudita e Emiratos substituem o Catar

+

A Arábia Saudita e os Emiratos Árabes Unidos anunciaram que colocam à disposição do novo governo egípcio uma soma similar à que anteriormente lhe proporcionava o Catar, ou seja 8 biliões de dólares (5 biliões a Arábia Saudita e 3 biliões os Emiratos Árabes Unidos).

Entretanto o Egipto recebe anualmente uma ajuda militar americana de 1.5 biliões de dólares, e beneficia de 2 biliões de dólares em créditos da Turquia.

Não parece que a ajuda de Washington seja posta em questão : de maneira a poder mantê-la a Casa Branca está evitando cuidadosamente o uso da expressão « golpe de Estado », ao referir-se à destituição do presidente Morsi, e a maioria do Congresso não está disposta actualmente a por fim à cooperação com o Egipto. Ignora-se o que acontecerá ao acordo com a Turquia.

A este propósito, o embaixador Turco no Cairo foi convocado pelo novo ministro egípcio de Relações Exteriores que criticou a ingerência flagrante, nos assuntos internos do Egipto, que constituiu o recente discurso do Primeiro-ministro Erdogan.

O Egipto está a atravessar uma terrível crise económica desde o ano de 2008. A situação piorou muito após o derrube de Hosni Mubarak, e o governo de Mohamed Morsi mostrou-se incapaz de abrandar essa tendência. Em 2 anos, o número de pessoas vivendo abaixo do limiar da pobreza aumentou, pelo menos 50%, as reservas em divisas diminuíram para metade, enquanto as agências de notação financeira passaram a notação do país de B+ a CCC+.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
Autores: diplomatas, economistas, geógrafos, historiadores, jornalistas, militares, filósofos, sociólogos ... poderá enviar-nos seus artigos.
Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.