Rede Voltaire

As fugas de informação do ex-director do FBI

+

O ex-director do FBI, James Comey, cujo testemunho perante o Congresso devia simular acusação contra o Presidente Trump por alta traição a favor da Rússia, está agora, ele próprio, colocado em questão.

James Comey, havia indicado por duas vezes, aquando da sua audição, que remetia ao Congresso as suas notas pessoais sobre as suas relações com o presidente. Ora, segundo os parlamentares que puderam consultar esses novos documentos, estes contêm informações classificadas.

Assim levanta-se, desde logo, a questão de saber como o ex-director do FBI pode violar a sua autorização de acesso confidencial e fazer incluir segredos de Estado em notas pessoais, ou se estas notas são documentos oficiais que ele teria roubado .

Comey’s private memos on Trump conversations contained classified material” («Memos privados de Comey sobre Trump contêm material secreto»- ndT), John Solomon, The Hill, July 9, 2017.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.