Os EUA poderiam se retirar da Síria
Rede Voltaire

Os EUA poderiam se retirar da Síria

+

O Ministro das Relações Exteriores (Negócios Estrangeiros-pt) da Síria, Walid Mouallem, convidou os Estados Unidos a retirar suas tropas do país antes da retirada de forças estrangeiras pró-governamentais. O Pentágono está presente tanto no Sul (área de Al-Tanf) como no Norte (área ocupada pelo YPG Curdo).

No caso de uma retirada de Al-Tanf, o Hezbolla se retiraria do sul. Desde logo, seus combatentes estão preparando a saída. A ordem seria restabelecida com a ajuda da Rússia, em conformidade a um acordo anterior.

Planejando (planeando-pt) sua possível retirada do Norte do país, os Estados Unidos estariam à beira de instalar uma nova base no Sinjar iraquiano, de onde poderiam intervir tanto sobre a Síria como na Turquia.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.