Ambos os funcionários concordaram que este tipo de reunião contribui para o fortalecimento dos excelentes laços de amizade e cooperação entre os dois países, existentes durante mais de três décadas.

O parlamentar caboverdiano salientou que durante sua estada em Cuba, assinaria com seu homólogo cubano, um protocolo de intercâmbio que reforçará o panorama jurídico conjunto.

Acrescentou que o Parlamento do seu país se solidarizava com Cuba e ressaltou sua maneira de enfrentar as questões do desenvolvimento e as dificuldades, especialmente as criadas pelo bloqueio imposto pelos Estados Unidos.

Também agradeceu o apoio da ilha nas esferas da educação e da saúde, após Cabo Verde ganhar sua independência em 1975, com o envio de pessoal e a estruturação de sistemas em ambos os setores.

Ele disse que, em grande parte graças à assistência cubana, Cabo Verde passou de ser um país pobre para um país de desempenho médio, estatuto reconhecido pela Comunidade internacional.

Raimundo Lima salientou também a intenção de seu governo de reforçar a cooperação nos âmbito de interesse mútuo e solidariedade, especialmente, na área de saúde e de formação profissional.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Agencia Cubana De Noticias