Em 1973, Andrew Marshall, um brilhante estratega da Rand Corporation, foi nomeado pelo presidente Richard Nixon director do Office of Net Assessment (Gabinete de Avaliação Principal- ndT) no Departamento de Defesa. Durante os 42 anos seguintes, ele foi confirmado no lugar por todos os seus sucessores, fazendo dele o mais antigo funcionário do Pentágono.

O Office of Net Assessment era considerado como a base dos discípulos do filósofo Leo Strauss em sucessivas administrações. Ele servia de interface visível do Estado federal com o Estado profundo.

Andrew Marshall, que desempenhou um papel central na elaboração da doutrina e estratégias nucleares norte-americanas, foi o mentor de Dick Cheney, de Donald Rumsfeld, de Paul Wolfowitz e muitos outros políticos. Nenhum presidente, nem mesmo Bill Clinton, nem nenhum ministro, nem mesmo Chuck Hagel, conseguiram fechar o Office of Net Assessment, apesar das suas repetidas tentativas. No entanto, em 2013, o seu orçamento fora reduzido para US $ 10 milhões e tinha sido colocado sob uma autoridade reforçada.

Apelidado «Mestre Yoda», por analogia com a personagem de Star Wars, Andrew Marshall aposentou-se, aos 92 anos, durante uma cerimónia com a presença do secretário da Defesa, Chuck Hagel, a 5 de janeiro de 2015 (foto ).

Tradução
Alva