Rede Voltaire

Ben Laden : o Conselho de segurança abstém-se na confirmação da versão dos EUA

+

Convidados pela França a adoptar por unanimidade uma declaração sobre a morte de Ben Laden, membros do Conselho de segurança manifestaram o seu desagrado.

Recusaram-se a assinar o texto inicial que mencionava o anúncio oficial feito pelo presidente Obama da morte recente do inimigo público, embora esta já tenha ocorrido muito provavelmente há uma década atrás.

O texto indicava: « o conselho regozija-se em saber no dia 1 de Maio 2011 que Ossama Ben Laden não será mais capaz de perpetrar tais atentados terroristas ».

===

« Declaração do Conselho de segurança sobre o anúncio oficial da morte de Ossama Ben Laden », Rede Voltaire, 2 de Maio 2011.

Tradução
David Lopes

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.