Rede Voltaire

Captagon®, arma fundamental dos jihadistas

+

Enquanto a imprensa do Ocidente e das monarquias do Golfo sugerem que os jihadistas se inspiram fundamentalmente na leitura do Corão, na Síria os factos estão demonstrando que se drogam com Captagon.

Em 2 dias, o Exército Árabe Sírio interceptou um automóvel repleto de pastilhas de Captagon, e um caminhão cisterna que transportava uma tonelada de tabletes dessa droga.

O Captagon (fenetilina) é uma anfetamina que provoca um estado de euforia e insensibilidade à dor. Misturado com outras drogas, como o haxixe, o Captagon faz parte da ração alimentar básica dos jihadistas, que se tornam assim insensíveis ao seu próprio sofrimento e ao que causam aos demais. O seu uso torna-os capazes de enfrentar as piores privações e de cometer as piores atrocidades.

Contrariamente a uma ideia muito difundida, a motivação fundamental dos jihadistas não é de índole religiosa mas sim a busca de prazeres imediatos. As principais fontes de recrutamento são a delinquência de pouca monta e os cárceres.

Fabricado em 2011 pela OTAN num laboratório situado na Bulgária, o Captagon produz-se actualmente em todo o Médio Oriente, inclusive em território sírio.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.