Rede Voltaire

Israel retoma assassinatos seletivos de cientistas do Oriente Médio

+

Israel retomou a campanha de assassinatos seletivos de cientistas do Oriente Médio.

Depois de ter sistematicamente eliminado os cientistas militares nucleares iraquianos, depois nucleares iranianos, o Estado hebreu patrocinou a eliminação do General Aziz Asber, um dos principais cientistas militares sírios.

O doutor Asber (foto) era o vice-diretor da antena 4 do Centro de Pesquisa e Estudos Científicos da Síria (Masyaf). Ele era especialista em foguetes e mísseis. .

De acordo com Al-Watan, o General e seu guarda-costas foram mortos aquando da explosão de seu veículo, em 4 de Agosto de 2018. Não está claro se o veículo foi alvo de uma armadilha ou se foi destruído por um tiro de drone.

Israel pretende conservar sua liderança científica sobre os países da região e eliminar qualquer especialista árabe ou persa.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.