A Convenção, que terá lugar no próximo sábado (06/06), tem como principal objetivo incrementar no estado de SP as ações solidárias em defesa da Revolução Cubana, disse à PL, Viviane Mendes, membro da Comissão Executiva do Movimento de Solidariedade São Paulo-Cuba.

Outro dos temas da Convenção, segundo a ativista, será o dos mais de mil estudantes brasileiros, que se formam no arquipélago; a maioria deles na Escola Latino-Americana de Medicina de Havana.

De acordo com Mendes, o movimento de solidariedade paulista inclui cerca de 50 organizações, grupos sociais e partidos políticos, etc.

Mendes acrescentou que a Convenção busca a difusão da realidade cubana, com o fim de romper o cerco informativo das grandes empresas de mídia sobre o processo revolucionário.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Cuban News Agency