JPEG - 26.5 kb

Comunicado de imprensa

Uma tentativa de atentado foi frustrada em Villepinte a 30 de Junho.

Esse acto, de uma extrema gravidade, previsto para o nosso território não podia permanecer sem resposta.

Por despacho, de 2 de Outubro de 2018, do Ministro de Estado, do Ministro do Interior e do Ministro da Economia e Finanças, e sem prejuízo dos resultados da ação penal intentada contra os iniciadores, os autores e os cúmplices deste projecto de atentado, a França tomou medidas preventivas, direcionadas e proporcionais, sob a forma da adopção de medidas nacionais de congelamento dos bens do Sr. Assadollah Asadi e do Sr. Saeid Hashemi Moghadam, cidadãos iranianos, bem como da Direcção da segurança interna do Ministério da Inteligência iraniano.

Ao tomar esta decisão, a França reitera a sua determinação em lutar contra o terrorismo, especialmente no seu próprio território.

Para Jean-Yves Le Drian, «o atentado frustrado em Villepinte confirma a necessidade de uma abordagem exigente nas nossas relações com o Irão».

Gerard Collomb reafirma a sua «determinação em fazer todo o possível para prevenir qualquer forma de terrorismo, venha ela de onde vier».

Bruno Le Maire enfatiza que «devemos secar os canais de financiamento dos terroristas para pôr fim aos seus actos intoleráveis. Agimos a nível nacional com firmeza e continuamos a fortalecer os mecanismos a nível internacional».

Tradução
Alva