Rede Voltaire

Síria: constituição da Comissão Constitucional

+

O Presidente Recep Tayyip Erdoğan recebeu em Ancara, a 16 de Setembro, os seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Xeque Hassan Rohani, para discutir a situação na Síria. Os três países são os garantes do processo de Astana.

Durante a sua conferência de imprensa conjunta, os três Chefes de Estado anunciaram a constituição da Comissão Constitucional prevista pela Resolução 2254 do Conselho de Segurança, de 18 de Dezembro de 2015 [1]. Ela será composta, como previsto inicialmente, por um terço de representantes da oposição, um terço de membros da sociedade civil e um terço de representantes do governo, e irá reunir-se em Genebra [2].

Na realidade tudo mudou em quatro anos: os membros da Oposição já não são mais os agentes do estrangeiro, mas incluem também a Oposição patriótica, que contestam o Governo, mas são fiéis à República Síria. Identicamente, os membros da sociedade civil já não são militantes pagos por potências estrangeiras, mas tendo sim origem em associações sírias.

No decurso da conferência de imprensa, o Presidente Putin reforçou os progressos feitos desde há um ano : 390.000 refugiados e 1.300.000 deslocados puderam retornar ao seu local de residência. Ele exortou todos os Estados membros da ONU a apoiar a reconstrução do país (à qual se opõem violentamente as Nações Unidas e os Estados Unidos, desde Outubro de 2017 [3]).

No início do mês, anunciamos que a constituição dessa Comissão seria uma das quatro medidas da solução política da crise síria acordada entre Moscovo e Washington [4].

Tradução
Alva

[1] «Resolución 2254 (Plan de Paz para Siria)», Red Voltaire , 18 de diciembre de 2015.

[2] “Joint Statement by Iran, Russia and Turkey on the International Meeting on Syria”, Voltaire Network, 16 September 2019.

[3] «Parámetros y principios de la asistencia de la ONU en Siria», por Jeffrey D. Feltman, Red Voltaire , 15 de octubre de 2017.

[4] “Donald Trump, trará ele a paz ?”, Thierry Meyssan, Tradução Alva, Rede Voltaire, 3 de Setembro de 2019.

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.

A invasão turca do Rojava
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (3/3)
A invasão turca do Rojava
Thierry Meyssan
O Curdistão, imaginado pelo colonialismo francês
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (2/3)
O Curdistão, imaginado pelo colonialismo francês
Thierry Meyssan
A genealogia da questão curda
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (1/3)
A genealogia da questão curda
Thierry Meyssan