O Presidente Vladimir Putin impôs a colocação de uma força de paz russa entre o Azerbaijão e a Arménia. O cessar-fogo total entrará em vigor a 10 de Novembro de 2020 à meia-noite [1].

Trata-se de uma pesada derrota para os Arménios do Artsakh e da Arménia que, assim, pagam a sua incompreensão do Golpe de Estado de 2018.

A Arménia, cujo Primeiro-Ministro, Nikol Pashinyan, chegou ao Poder por uma «revolução» colorida organizada pelo especulador George Soros, foi apoiado verbalmente por quase todos os actores internacionais, mas nunca por actos práticos.

O Pentágono esperava que os Turcos massacrassem os Arménios, em massa, e que os Estados Unidos pudessem então lançar uma guerra contra a Turquia.

O Presidente Putin contactou o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdoğan, e propôs-lhe este cessar-fogo para prevenir um genocídio, o que permite à Turquia evitar uma guerra com Washington.

O conflito do Alto Carabaque custou a vida a pelo menos 1. 300 pessoas num mês e meio.

Tradução
Alva

[1] «Declaración de los Presidentes de Azerbaiyán, de Armenia y de Rusia», Red Voltaire , 9 de noviembre de 2020.