Foto : Maquete da grande mesquita de Crimeia

O Presidente russo, Vladimir Putin, convidou o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdoğan, para vir assistir à inauguração da Grande Mesquita da Crimeia assim que ela estiver terminada.

A Rússia pretende assim acabar com o apoio prestado pela Turquia e a Ucrânia aos terroristas tártaros.

Em Agosto de 2015, o Presidente Erdoğan tinha patrocinado a criação de uma Brigada Islâmica Internacional, sediada na Ucrânia e encarregada de desestabilizar a Crimeia [1].

Esta Brigada realizou já várias operações de sabotagem em larga escala.

Tradução
Alva

[1] « L’Ukraine et la Turquie créent une Brigade internationale islamique contre la Russie », par Thierry Meyssan, Télévision nationale syrienne , Réseau Voltaire, 12 août 2015.