Segundo a Defense One, o novo secretário de Defesa, Ashton B. Carter, rodeou-se de três conselheiros que não constavam dos organogramas. Trata-se de Michael Bayer, Sally Donnelly e Dave Copp [1].

Ora Sally Donnelly, antiga jornalista da Time Magazine, tinha-se tornado conselheira do Chefe do Estado-Maior, o almirante Mike Mullen. Depois, tinha-se tornado administradora de um exército privado, Imperatis, e criou a SDB Advisors [2], do qual Ashton B. Carter e Michael Bayer são conselheiros [3], enquanto Dave Copp é o administrador financeiro [4].

A SDB Advisors (conselheiros-ndT) presta assessoria a grandes empresas nos Estados Unidos e no Reino Unido, para os capacitar a fazer frente a crises de comunicação.

A SDB Advisors emprega vários antigos funcionários da defesa dos EUA: o almirante Mike Mullen (antigo Chefe de Estado- maior), já citado, o almirante Dennis Blair (antigo diretor de Inteligência nacional), o almirante Eric T. Olson (antigo comandante do USSoCom), o General Carter Ham (antigo comandante do AfriCom) e, desde há dois meses, o General Mike Flynn (antigo director da Inteligência militar).

Tradução
Alva

[1] “Ash Carter’s troika”(Ing- « A troika de Ash Carter» -ndT), em The D Brief, Gordon Lubold, Defense One, December 24, 2014.

[2] “Team” (Ing-«Equipa» -ndT), SDB Advisors (site consultado a 25 de Dezembro de 2014).

[3] “Strategic Advisors” (Ing -«Conselheiros Estratégicos» -ndT), SDB Advisors (site consultado a 25 de Dezembro de 2014).

[4] “Dave Copp”, Zoom info (site site consultado a 25 de Dezembro de 2014).