Rede Voltaire

Síria: o exército russo em socorro de seus "colegas" norte-americanos

+

Um comboio do exército norte-americano ficou perdido na área rural síria, em 16 de Fevereiro de 2020. Ele chegou acidentalmente a Khirbet Hamo (perto de Kameshli). Os soldados, obviamente muito preocupados, dispararam em todas as direções para se proteger de um perigo imaginário, feriram um transeunte e mataram um jovem de 14 anos. Um milhar de pessoas se reuniram para exigir responsabilidades.

O comboio dos EUA apelou, então, por socorro a uma brigada da polícia militar russa que se achava perto do local. Essa interveio entre as duas partes para permitir que o comboio militar escapasse.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.