O BND, sigla de Bundesnachrichtendienst o serviço de inteligência exterior da Alemanha, reviu radicalmente a sua estimativa sobre a situação na Síria, segundo revela o Spiegel Online. [1]

Baseando-se em declarações de oficiais superiores que tinham desertado das forças armadas sírias, o BND predizia até agora a rápida queda do governo do presidente Bachar al-Assad. Mas neste momento estima que o actual governo sírio obterá definitivamente a vitória antes do término do ano de 2013.

O BND assinala na sua previsão que o Exército Árabe Sírio conseguiu garantir a segurança das suas linhas de abastecimento e cortar as dos «insurgentes», jihadistas maciçamente estrangeiros apoiados pela OTAN e pelo Conselho de Cooperação do Golfo.

A libertação da cidade de Qoussair pelo Exército Árabe Sírio deve ser o prelúdio da reconquista de toda a região de Homs e marcaria o fim definitivo dos projectos de divisão do território sírio, com excepção de uma possível zona curda.

Tradução
Alva

[1] «Bürgerkrieg in Syrien: BND prognostiziert Vormarsch der Assad-Armee», por Matthias Gebauer, Spiegel Online, 22 de maio de 2013.