Uma investigação de Dilyana Gaytandzhieva, publicada pela Arms Watch, mostrou, com documentos em apoio, que a Missão da OTAN no Afeganistão (Resolute Support Mission) serve como cobertura para o tráfico de armas norte-americano a fim de aprovisionar o Daesh (E.I.) no Iêmen.

A investigação revela de passagem que as Forças Especiais dos EUA (Task Force Smoking Gun, na Croácia) também enviaram armas a Alcaida (Frente al-Nusra) na Síria.

Muitas empresas estão envolvidas, incluindo a Sierra Four Industries, Orbital ATK, Global Ordnance e UDC nos Estados Unidos, bem como os governos azeri, sérvio e saudita.

A jornalista búlgara Dilyana Gaytandzhieva já ficara conhecida, dois anos atrás, por publicar documentos atestando o maior tráfico de armas da história, a operação Timber Sycamore [1].


- 1. “Islamic State weapons in Yemen traced back to US Government: Serbia files”;
- 2. “US Task Force Smoking Gun smuggles weapons to Syria: Serbia files”;
- 3. “Leaked arms dealers’ passports reveal who supplies terrorists in Yemen: Serbia files”.
by Dilyana Gaytandzhieva, Arms Watch, September 15, 2019.

Tradução
Alva

[1] “Milhares de milhões de dólares de armas contra a Síria”, Thierry Meyssan, Tradução Alva, Rede Voltaire, 18 de Julho de 2017.