Rede Voltaire

O acordo secreto sobre a questão curda

+

A operação turca na fronteira síria começou logo a partir do anúncio da retirada súbita das tropas de ocupação norte-americanas.

Lembremos que em 1998, o Presidente Hafez al-Assad havia acordado aos Turcos o direito de perseguir nesta faixa de 30 quilómetros de profundidade os artilheiros do PKK que os ameaçavam.

A imprensa apresenta a operação de Ancara como comportando o risco de um massacre de Curdos em geral, esquecendo que inúmeros Curdos desempenham funções importantes no aparelho de Estado turco.

Acima de tudo, ela apresenta apenas a versão dos EUA de confronto entre o Presidente Trump (partidário da retirada dos EUA) e certos funcionários do Pentágono (partidários da continuação da guerra). É por isso que insiste na sorte dos mercenários curdos que trabalhavam para o Pentágono contra a Síria.

Um elemento é sistematicamente ocultado : a 16 de Setembro, a Rússia, a Turquia e o Irão (Irã-br) chegaram a um acordo sobre a questão curda. O projecto russo de Constituição para a Síria poderia assumir a forma de uma federação cultural (e não mais administrativa como encarado inicialmente). O retorno dos Curdos sírios aliados dos EUA ao seio da autoridade Síria poderia ser dirigido pelo Irão, do qual os próprios curdos infiltraram pacientemente o comando do YPG.

A França, que desde há um século aposta na criação de um Curdistão, dentro do modelo de Israel, vê-se afastada pelos Estados Unidos desta solução da questão curda.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.