Rede Voltaire

Conselho de Segurança se nega condenar ataque turco-terrorista contra cidade da Síria

+

A delegação russa nas Nações Unidas informou que o Conselho de Segurança se negou a definir sua posição sobre o recente ataque contra a cidade síria de Kassab, demonstrando assim o respaldo de vários membros desse órgão da ONU às ações da al-Qaida.

A 21 de março de 2014 o exército turco penetrou em território sírio, afim de prestar apoio à entrada de várias centenas de jihadistas membros da Frente al-Nusra (publicamente afiliado à al-Qaida), e do Exército do Islã(Islão-Pt) (pró-saudita).

Esses elementos tomaram a cidade síria de Kassab cuja população se compõe, essencialmente, de sírio-arménios, descendentes do genocídio arménio de 1915 perpetrado pelos otomanos.

Quando o Exército Árabe Sírio interveio em defesa da cidade, as forças armadas da Turquia derrubaram um avião sírio que apoiava os soldados. Os habitantes de Kassab se refugiaram na vizinha cidade de Latakia, sob a proteção do Estado sírio.

Por outro lado, o ministério russo de Relações Exteriores (Negócios Estrangeiros-Pt) apelou aos representantes da oposição síria no exterior, que participaram em Genebra 2, a abster-se de todo contato com os grupos terroristas.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.