O Director do MI6 britânico, Richard Moore, visitou o Cairo em 9 de Novembro de 2020. Ele manteve uma entrevista com o Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi.

Dirigiu-se depois para Ancara, em 11 de Novembro, para se encontrar com o porta-voz do Presidente Erdoğan, Ibrahim Kalin, no Palácio Branco de Ancara.

O MI6 criou no Cairo a Confraria dos Irmãos Muçulmanos, onde actualmente são inimigos do Estado. O Presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, tornou-se o seu protector [1].

Tradução
Alva

[1] « Histoire mondiale des Frères musulmans » (6 parties), Thierry Meyssan, Rete Voltaire, 21 de junho de 2019.